Tesla Model S – O Futuro dos Carros

Tesla Model S – O Futuro dos Carros

No futuro, o carro totalmente elétrico Tesla Model S poderá ser lembrado junto com o Mini ou o Ford Modelo T como um divisor de águas da história automotiva.

O Tesla Model S é um sedã de cinco lugares totalmente elétrico (não é híbrido com motor a combustão), e foi projetado desde o início para esta configuração. A vantagem que este carro não é simplesmente uma adaptação de um carro à combustão para ser elétrico. Ele é elétrico desde seu nascimento nas pranchetas dos projetistas da Tesla. O carro foi tão bem projetado que não se trata de uma aventura de alguns Engenheiros malucos, pois ele vem com garantia de 4 anos ou 80.000 km, o que vencer primeiro. Sua bateria tem garantia mais extensa: 8 anos ou 160.000 km, também o que vencer antes. 
Cursos NR10 Online! Apenas R$ 149,90. Válido em todo o país!

O Motor elétrico do Tesla fica na mesma altura das rodas traseiras, e a bateria, com apenas 10 centímetros (4 polegadas) de espessura, fica no assoalho. Assim, com a exceção da suspensão, o pacote mecânico do Tesla é plano. Eles chamam isso de “skate”, que é um projeto com muitas vantagens dinâmicas, principalmente por criar um baixo centro de gravidade e uma ótima distribuição de peso.


Baterias planas no assoalho do carro
O “Skate” também significa um piso plano na cabine – sem túnel de transmissão – e enorme espaço para as bagagens. Sob o piso do porta malas, onde seria o tanque de combustível, há um espaço profundo para mais bagagens, ou espaço para as pernas de duas crianças, nos bancos opcionais, voltados para trás. 
Sem tanque de combustível, sobra espaço no porta-malas até para as crianças!
Ao concentrar todas as massas do carro na parte inferior do chassi, o Model S tem um centro de gravidade de apenas 45 centímetros do chão. Portanto, apesar de pesar 2,1 toneladas – a estrutura é principalmente de alumínio, mas as baterias pesam 450 kg – ele tem um comportamento dinâmico excelente, com pouca inclinação nas curvas e sem mergulhar nas frenagens mais ousadas.
O preço do modelo standard varia de US$ 50.000 a US$ 70.000, conforme a capacidade da bateria – 40 kW·h, 60 kW·h e 85 kW·h. Chega a custar US$ 85.000 com opcionais de luxo.

Os desempenhos são os seguintes:

Modelo 40 kW.h  –  Autonomia: 256km  –  0-100km/h: 6,6s  –  Vel. Máxima:  176km/h
Modelo 60 kW.h  –  Autonomia: 370km  –  0-100km/h: 6,0s  –  Vel. Máxima:  192km/h
Modelo 85 kW.h  –  Autonomia: 480km  –  0-100km/h: 5,7s  –  Vel. Máxima:  200km/h

Este modelo de 85kW.h tem motor de 270 kW (367 cv) e 45 m·kgf de torque (já com torque máximo deste 0 rpm, pois é um motor elétrico). 

Comparação das curvas de torque de um motor elétrico e um de combustão de alta performance. Veja que o torque é constante desde 0 rpm.

Existe ainda uma versão mais exclusiva com um kit de performance que eleva a potência para 418cv e 61 m·kgf, levando o carro de 0-100km/h em apenas 4,5s e atingindo velocidade máxima de 210km/h.
Interior

O interior é dominado por um touch-screen de 17 polegadas que faz seu iPad parecer pequeno, fraco e lento. Ele controla praticamente todas as funções do carro: os dois únicos botões necessários no painel central são para as luzes de alerta e do porta-luvas. Você pode dividir a enorme tela do jeito que preferir. Funciona com o Google Maps e tem navegador da web. Na tela de configuração do veículo, há uma imagem do seu carro, aonde são mostradas todas as condições do veículo.

Interior clássico contrastando com alta tecnologia
Em tomadas comuns de 127V, a carga se dá na ordem de 50km de autonomia por hora de carga. Existe porém um opcional que carrega as baterias na ordem de 100km por hora de carga.
A Tesla está espalhando pelos EUA diversos pontos de recarga capazes de fazer meia carga de bateria em apenas 30 minutos.

Infelizmente essa maravilha da engenharia mecânica/elétrica não está disponível no Brasil.

O Tesla Model S veio para derrubar de vez com o paradigma que carros elétricos são chatos, sem graça e somente para os Eco-chatos. É um sedã altamente tecnológico de deixar qualquer entusiasta automotivo de cabelos em pé com seu surpreendente e constante torque em todas as rotações.
Procurando curso de NR-10? Faça os cursos da TOP Elétrica! Na comodidade de seu lar. Você faz seus horários!

3 Comments
  • Marcos Vinicius Martins
    Posted at 16:57h, 30 abril Responder

    Tive a oportunidade de ver pessoalmente, realmente é show em tudo, incluindo tecnologia. Porém o preço vai doer no bolso.

  • Anônimo
    Posted at 02:13h, 06 maio Responder

    Srs,

    Como vivemos num mundo onde:
    1- Normalmente existe um jogo de interesse “por trás dos bastidores” das negociações politico-econômicas!…
    2- Já houve as crises de preço/abastecimento do petróleo!…
    3- Temos os problemas ambientais atuais: Poluição, aumento de temperatura, destruição da camada de ozônio, etc…
    4- Os donos da “Indústria do Petróleo” são bilionários, poderosos e influentes!…
    5- Os carros elétricos são veículos não poluentes, silenciosos e econômicos!…

    Então estamos obrigados a, no mínimo, suspeitar que a Indústria do Petróleo tenha grandes e implícitos interesses em não deixar que a tecnologia deste tipo de carro melhore, prolifere e ganhe mercado, concorrendo assim, com grandes vantagens em relação ao carro à combustão!?!…

    A história registra que já houve sabotagens em laboratórios;
    Assim, no mínimo, fica no ar mais um mistério e lacunas que martelam o senso comum !?!…

    E, para finalizar, pergunto: Porque as lideranças mundiais, organizações ambientais, grandes empresas, etc… não tomam esta questão como prioridade estratégica mundial ?…

  • Edson Carvalho
    Posted at 12:08h, 10 maio Responder

    Bela matéria, parabéns!

    Tenho uma comunidade sobre a Tesla Motors, participem:

    https://plus.google.com/communities/112704121922875619173

Post A Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.